Classe trabalhadora mobilizada para comemorar o Dia do Trabalhador (+ Fotos)

O Governo Nacional comemorou neste domingo o Dia Internacional do Trabalhador, reconhecendo o excelente trabalho da classe trabalhadora do país.

Em sua conta no Twitter, o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro Moros, disse estar orgulhoso de poder comemorar este dia, ao mesmo tempo em que destacou as lutas alcançadas para reivindicar a classe trabalhadora.

“Tenho orgulho de poder comemorar o Dia Internacional do Trabalhador com meus irmãos e irmãs. Foram anos de lutas pelos direitos que conquistamos juntos. Eu sou um presidente da classe trabalhadora, com você eu descanso. Nós ganharemos!” afirma a publicação.

Por sua vez, o Ministro do Poder Popular das Relações Exteriores, Justiça e Paz, Remigio Ceballos, parabenizou a classe trabalhadora e produtiva do país “que com disciplina, lealdade e tenacidade” são garantes da vida, estabilidade e paz do povo venezuelano.

Da mesma forma, o deputado à Assembleia Nacional (AN), Diosdado Cabello, destacou a lealdade e resistência dos trabalhadores venezuelanos após os incessantes ataques do imperialismo.

«Trabalhador, trabalhador da Pátria, feliz dia, graças a você podemos dizer que a Venezuela resistiu a todos os ataques do imperialismo, hoje a Pátria renasce, todos nós estamos percorrendo o caminho da Revolução Bolivariana para construir nosso socialismo. Unidos venceremos! “Hair disse em sua conta no Twitter.

Neste domingo a classe trabalhadora saiu às ruas de Caracas, Portuguesa, Anzoátegui, Bolívar e Sucre para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador.

Os trabalhadores atenderam desde cedo a convocação feita pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) para comemorar o Dia do Trabalho e os dez anos da promulgação da Lei Orgânica do Trabalho, Trabalhadores e Trabalhadores (LOTTT).

Em Anzoátegui, diante de uma multidão de trabalhadores, a maioria do setor de hidrocarbonetos, o ministro do Petróleo, Tareck El Aissami, destacou o compromisso e o ânimo dos petroleiros no trabalho de recuperação da Venezuela, apesar das sanções e bloqueios.

“Hoje podemos dizer que alcançamos uma vitória extraordinária que abriu o horizonte para toda a Venezuela”, acrescentou.

Nessa mesma atividade, o primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, destacou que a classe trabalhadora está “nas ruas em vitória popular e revolucionária” após dez anos da promulgação da LOTTT.

“Antes da assinatura do LOTTT, o Governo de Caldera, Fedecamaras e o CTV se reuniram aqui, roubaram os benefícios dos trabalhadores. O comandante Chávez deu a sua palavra de devolver todos os direitos que lhes foram roubados e cumpriu-a», afirmou.

Neste domingo, organizações sindicais, movimentos sociais, forças revolucionárias e o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) marcharam em Caracas e várias cidades do país para celebrar o Dia Internacional dos Trabalhadores.

O povo saiu às ruas “para lembrar os heróis e heroínas que lutaram, lutam e continuarão lutando para elevar a produção nacional, em meio às sanções, ao bloqueio, à pandemia e às conspirações contra a Pátria”.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.