AO VIVO – Eleições legislativas: resultados da votação dos franceses que vivem no exterior são esperados durante a noite

B. O PREFEITO DESEJA MAIORIA PRESIDENTAL NA LEGISLAÇÃO

Se o ministro da Economia não for candidato nas próximas eleições parlamentares, fará campanha e apoiará o acampamento presidencial. No Grand Rendez-Vous d’Europe 1, CNEWS e Les Echos, ele denunciou particularmente o projeto de Jean-Luc Mélenchon e assegurou que o que ele propunha, “é uma França que trabalha menos”. Ele denunciou um projeto “comunitário, autoritário e coletivista”, que não quer para a França.

Quanto a Marine Le Pen, denunciou sua dependência de Vladimir Poutine. “Se ela quiser continuar trazendo US$ 800 milhões por dia para Vladimir Poutine, é um direito dela, nós defendemos uma política de independência”, defendeu Bruno Le Maire.

Diante desses dois projetos marcantes, Bruno Le Maire convocou os franceses a se mobilizarem para as próximas eleições e a darem maioria ao presidente. “Minha firme convicção é que eles darão maioria ao Presidente da República”, reiterou.

O ministro da Economia também denunciou a violência que pode impactar autoridades eleitas em áreas rurais, notadamente referindo-se a Marine Le Pen na sexta-feira e seu ex-colega de governo, Jean-Michel Blanquer ontem. “São gestos isolados, mas não estamos imunes a esses gestos isolados. Eles devem ser expostos e punidos”, insistiu Bruno Le Maire.

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *