Vitinha, Porto ilumina um ‘novo’ Deco: “Ser um jogador importante”

EO Porto é o líder -empatado em pontos (41) com o Sporting CP- e continua invicto no campeonato… mas Luis Daz não é tudo o que brilha. Os ‘dragões’ encontraram sua melhor contratação para a temporada 2021-22 em casa. Estamos a falar de Vtor Machado Ferreira ‘Vitinha’ (Faro, 2-13-2000).

Breve passagem pelo Wolverhampton

A trajetória de Vitinha é curiosa. Foi treinado nas categorias inferiores do Porto… mas na época passada saiu emprestado ao Wolverhampton. Participou em 22 jogos, 19 na Premier, sob o comando de Nuno Espírito Santo. Na verdade, ele marcou um gol e deu uma assistência… mas os ‘lobos’ decidiram não exercer sua opção de compra e voltaram para Do Dragão.

“Eu cresci muito na Inglaterra”, ele admite. “A competição com Rben Neves, João Moutinho e Dendoncker fez com que ele percebesse que tinha que ser mais rápido nas decisões”nuances Rui Pedro Silva, antigo assistente de Nuno.

A competição com Rben Neves, João Moutinho e Dendoncker fez com que ele percebesse que precisava ser mais rápido na tomada de decisões

Rui Pedro Silva, antigo adjunto do Wolverhampton

Ele ‘sentado’ Sérgio Oliveira

Esperava-se que Vitinha tivesse um papel secundário no seu regresso, mas acabou por se impor como titular ao lado de Uribe, desbancando o próprio Sérgio Oliveira. O meio-campista de 21 anos Já acumulou 20 jogos (11 como titular) em que marcou dois golos e distribuiu duas assistências. O seu golo na Taça ‘Clsico’ frente ao Benfica (3-0) significou a sua consagração definitiva.

“As expectativas não param de crescer com Vitinha, que supera uma barreira atrás da outra. Pela primeira vez recebeu a batuta num Clsico e coroou uma exibição muito completa com uma vaselina perfeita para marcar o 2-0 do Porto”, escreveu ‘O Jogo’.

Vitinha, porém, mantém os pés no chão por enquanto. “Posso prometer aos adeptos o que viram frente ao Benfica. Compromisso, dedicação, ambição… Tenho 21 anos e há sempre coisas a melhorar. Com certeza ele ainda pode progredir no jogo sem a bola, será mais agressivo…”, reconheceu ‘O Jogo’.

Posso prometer aos adeptos o que viram frente ao Benfica. Compromisso, dedicação, ambição… Tenho 21 anos e sempre há coisas a melhorar

Vitinha

Vitinha esconde qualidades que Sergio Conceição soube apreciar: “Ele pode ser um jogador importante. Ele nos dá muita qualidade na entrega da bola. Precisávamos de pessoas que nos dessem dinamismonão é que o Srgio Oliveira, o Bruno Costa ou o Grujic não o tenham… mas têm qualidades diferentes”.

Ele pode ser um jogador importante. Dá-nos muita qualidade e dinamismo na saída de bola

Sérgio Conceição

Comparações: Moutinho, Maniche… e Deco

O Porto orgulha-se da última ‘jóia’ a sair do Olival e em Portugal já lhe chovem elogios. “Vitinha tem uma visão de jogo e uma capacidade de decisão totalmente diferente. Ele sabe como manter a posse de bola e raramente erra um passe. Na verdade, ele é capaz de enlouquecer os adversários por causa de sua capacidade de fazer 10 passes em 30 segundos. Desorganiza os rivais, irrita-os e acabam por sentir falta deles”, conta Rui Pedro Silva, ex-assistente de Nuno, ao ‘O Jogo’.

Vitinha é capaz de enlouquecer os adversários devido à sua capacidade de acertar 10 passes em 30 segundos

Rui Pedro Silva, antigo adjunto do Wolverhampton

Há quem até o compare com Moutinho. “Eles são parecidos. Ambos são inteligentes e sabem o que os jogos precisam. Agora, se você pode manter a bola, você encontra um espaço que ninguém vê e arriscar com decisões que ninguém toma, poderíamos estar falando de um Deco ou de um Maniche”, Rui Pedro Silva continua.

Outro antigo jogador do Porto, Bruno Moraes, também ‘curvou-se’ ao talento emergente dos ‘dragões’ na ‘Bola Branca’: “Ele é agressivo com a bola. Ele dirige perto do pé e em alta velocidade, permitindo que ele desbloqueie jogadas liberando espaço para outros jogadores… ou desenhando faltas.”

Com 1-2 toques ele pode quebrar a pressão da equipe adversária. Ele tem aquela irreverência de sempre experimentar coisas novas

Bruno Moraes, ex-jogador do Porto

Bruno Moraes insiste, sobretudo, no seu talento com a bola: “Tem um bom passe curto e longo e boa visão de jogo. Com 1-2 toques ele pode quebrar a pressão da equipe adversária. Ele é jovem e desinibido. Ele tem aquela irreverência de sempre tentar coisas novas.”

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.