Última chamada para o Catar – Estádio Esportivo

Madrid, 23 de março (EFE).- Três vagas na zona europeia são objeto de desejo de onze equipes que participam da última chamada da fase de qualificação que será definida em uma semana, com exceção da chamada Rota A , onde a Ucrânia está imersa afetada pela invasão russa.

Duas seleções, para já, vão obter o passaporte neste playoff dividido em três percursos. O vencedor de cada uma delas, semifinal e final, ambas em uma única partida, será no Catar.

Uma seção adiada sem data permanecerá pendente até os eventos da invasão. A Ucrânia deve defrontar a Escócia numa das meias-finais. O vencedor enfrentará o País de Gales ou a Áustria cotada no País de Gales.

As demais rotas serão estabelecidas nos próximos dias. Na Rota B, a Suécia defronta a República Checa e depois, quem vencer, enfrenta a Polónia, diretamente na final devido à desistência da Rússia.

A Rota C tem candidatos de alto nível e alguns ficarão de fora da Copa do Mundo. Portugal defronta a Turquia e ao mesmo tempo a Itália defronta a Macedónia. Os vencedores se enfrentarão por um único bilhete.

Os três vencedores desta nova oportunidade vão juntar-se às dez equipas que garantiram a estadia no Qatar, obtida diretamente na fase de qualificação: Alemanha, Dinamarca, Bélgica, França, Croácia, Espanha, Sérvia, Inglaterra, Suíça e Holanda.

Itália ou Portugal, se não ambos, ficarão sem Copa do Mundo. Os dois últimos campeões europeus marcam presença na prova no ar por não terem conquistado o primeiro lugar na ronda anterior.

A equipe transalpina, atual campeã continental, recebe a Macedônia na quinta-feira no estádio Renzo Barbera, em Palermo. A equipe de Roberto Mancini, que tem sua velha guarda e dispensou Mario Balotelli, não tem margem para erro.

A seleção da Macedônia está em busca de sua primeira Copa do Mundo. Um desafio para a equipa de Blagoja Milevski que pretende agilizar as suas opções.

Quem vencer a partida em Palermo enfrentará Portugal ou Turquia, que se enfrentarão primeiro no estádio Do Dragão, no Porto. A equipa portuguesa não soube tirar partido da sua situação na fase de grupos e agora não pode deixar de colocar a sua geração na nomeação. Cristiano Ronaldo comanda a seleção portuguesa juntamente com João Félix e Gonzalo Guedes. A velha guarda.

A Turquia não vai dar nenhuma facilidade, que tem o desafio de voltar a uma fase final vinte anos depois do terceiro lugar que obteve na Coreia e no Japão.

Cristiano vai aproveitar os duelos para aumentar sua pontuação. Ele detém o recorde de gols internacionais com 115.

A rota A permanecerá incompleta. Esperando que o confronto entre Escócia e Ucrânia seja corrigido. Enquanto isso, País de Gales e Áustria se encontrarão em Cardiff para um lugar finalista.

Um desafio para o País de Gales e, possivelmente, o último treino da Copa do Mundo para Gareth Bale e seu companheiro de equipe David Alaba.

A equipa galesa esteve presente nas últimas fases finais do Campeonato da Europa, mas não foi mais longe. Ele nunca esteve em uma Copa do Mundo pelo País de Gales desde 1958. As gerações anteriores de jogadores famosos ficaram sem compromissos como este. Outros jogadores notáveis ​​Ben Davies (Tottenham), Aaron Ramsey (Rangers), Daniel James (Leeds).

Mal chegaram ao “play-off” e agora defrontam a Áustria, que não vai a uma fase final desde a França 1998. A equipa galesa tem a sua força em casa. Eles estão invictos em seus últimos dezesseis jogos em casa. Ele não perde desde novembro de 2018.

A Rota B deixará outro passaporte para o Catar. A Suécia espera a República Checa de Jaroslav ?ilhavý em Solna. O time escandinavo recrutou o jovem atacante do Manchester United Anthony Elanga, o atacante da Real Sociedad Alexander Isak e o veterano Zlatan Ibrahimovic.

A Suécia pretende chegar à sua segunda Copa do Mundo consecutiva depois da Rússia, onde chegou às quartas de final. A seleção checa tem menos nomes mas uma equipa compacta e competitiva que como equipa independente só participou na Alemanha 2006.

.

— Agenda de playoffs

. Semifinais, quinta-feira, 24 de março

Rota B

Suécia – República Tcheca (Solna)

. Final, terça-feira, 29 de março

Polônia – Vencedora Suécia/República Tcheca.

.

Rota C

. Semifinais (quinta-feira, 24 de março)

Portugal – Turquia (Porto)

Itália – Macedônia (Palermo)

. Final (terça-feira, 29 de março)

Rota A

. Semifinais, quinta-feira, 24 de março

Gales – Áustria (Cardiff)

Escócia – Ucrânia. a ser confirmado

. Final. confirmar.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.