Tudo o que se sabe sobre o caso de “Toto” Salvio

Eduardo “Toto” Salvio foi denunciado por violência de gênero após os eventos registrados nesta quinta-feira, 14 de abril às 00:50 nas ruas Azucena Villaflor e Juana Manso, em Puerto Madero. Ele o acusa de atropelando sua esposa Magalí Aravena e fugindoembora o advogado do jogador do Boca negou os fatos e assegurou que há provas que determinam sua inocência.

O relatório policial estabelece que a suposta vítima relatou que encontrou o marido no carro com outra mulherficou na frente do veículo para falar, mas Salvio passou por cima dela e fugiu do local.

O início da disputa e o episódio violento

Magalí Aravena declarou que em 4 de abril eles se separaram após 10 anos de casamento. A mulher foi para Puerto Madero quando detectou uma postagem nas redes sociais em que Salvio estava com sua “amante”.

Aravena é português. Conheceram Salvio quando o futebolista jogava pelo Benfica, de Portugal. Ela é modelo e empresária, dirige uma marca de moda praia e tem dois filhos com “Toto”.

Acredita-se que quando Salvio estava prestes a retornar à Argentina para conhecer seu sonho de vestir as cores de boca Juniors, Magalí foi um dos principais entraves, por medo da insegurança no país. No entanto, acabou apoiando a decisão do jogador.

Em dezembro de 2020 eles se separaram, mas no ano seguinte tentaram reconstruir o relacionamento e voltaram a morar juntos. Imagens recentes do jogador de futebol na conta do Instagram de Sol Rinaldi parecem confirmar suspeita de infidelidade que Magali atribuiu ao atleta.

“Vejo que o caminhão do padrinho do meu filho estava lá e ele estava com a amante, fui até o carro e fiquei na frente dele”, descreveu Magalí.

O depoimento continua: “Eduardo avançou como se quisesse sair do local, mas eu estava na frente dele e ele avançou como se fosse pisar em mim, eu até corri para ele não pisar em mim. mas aconteceu comigo preso nas pernas e lá o vidro atrás do lado do passageiro me agarra, rastejando para frente e depois para trás, até que soltei, porque não tinha mais força. Eduardo recuou e fugiu”, disse a mulher na delegacia.

Quando a equipe perguntou se ele iria iniciar uma ação criminal, Magalí respondeu: “Reservo o direito, quero pensar bem.”

Por outro lado, Aravena assegurou que era a primeira vez que se realizava uma discussão dessa magnitude, na qual “ele perdeu a cabeça” e essa ela “estava louca” porque ela o viu “com outra mulher”.

Em um ano, os casos de violência de gênero aumentaram mais de 15%

A versão de “Toto” Salvio e seu advogado

O jogador do CABJ garante que sua esposa foi repreendê-lo depois de ver nas redes sociais as fotos do churrasco que o jogador compartilhou com Sol Rinaldique publicou as imagens que dariam origem ao conflito posterior.

Por volta da meia-noite de quarta-feira, 13 de abril, Rinaldi carregou uma história em sua conta do Instagram, onde Salvio podia ser visto cozinhando em uma churrasqueira localizada em uma varanda.

Mariano Cuneo Libaronaadvogado do jogador, entrou com uma ação no Ministério Público, na qual garante a inocência do acusadoque está à disposição da Justiça para apresentar as provas pertinentes: “Ele vai esclarecer tudo e vai tirar as provas. Serão necessárias testemunhas, vídeos e vários testes que provará sua inocência. É um fato em que ficará claro o que aconteceu, ele não é absolutamente culpado de nada”, disse o advogado.

Totó Salvio
Totó Salvio

Em declarações a TyC Sportso advogado sustentou: “O queixoso goza de suficiente confusão, omissões e contradições em sua história. Quando me refiro a testemunhas que vamos levar a tribunal, são precisamente as testemunhas dos acontecimentos anteriores.”

“Ele e outras pessoas sabem de tudo. Desde o início do aviso desta senhora até as atitudes que ele tinha. bullying, avisos. Ele irá não só com os vídeos que provam que está certo, mas também com uma riqueza de provas em matéria de testemunhas importantes que servirão ao tribunal e à acusação para ver o que aconteceu”, completou Libarona.

No momento, do clube Boca Juniors informaram Salvio que não compareça ao treino e a equipe de advogados lhe disse para comparecer para depor para esclarecer os fatos.

Quem é Sol Rinaldi?

Sol Rinaldi, O amante de “Toto”, tem 25 anos, é formado em Comunicação pela Universidade Católica Argentina e é diretor de uma agência digital na cidade da Flórida, em Miami, desde 2018.

Seu perfil no Instagram é @solsheckler em homenagem ao renomado skatista e o ator americano Ryan Sheckler, de quem é fã, Após os incidentes, ela passou de reunir 13 mil seguidores para quase 25 mil.

A jovem é Fã de boca Juniors e tem várias fotos tiradas em A Bombonera em suas redes sociais.

Sol Rinaldi 20220415
Sol Rinaldi

Em seu blog pessoal, ele se define como o “argentina yankee” pois aos sete anos foi com a família para os Estados Unidos.

“Foram 6 meses após o nascimento da minha irmã mais nova, durante a presidência de Fernando de la Rúa, que a vida da minha família mudou abruptamente. E não, não foi por causa do corralito. Pode-se dizer que tivemos ‘sorte’ ter ido para os Estados Unidos exatamente um mês antes disso acontecer. Desde que meu pai, designer gráfico e fã de Defensores de Belgrano, decidiu expandir sua empresa de design para a América do Norte. O que seriam 3 meses se transformaram em 8 anos Sol explicou.

Até que em 2009 a família decidiu voltar para a Argentina: “Senti isso como uma traição, como se quisessem que eu deixasse minha vida lá e viesse aqui com esses estranhos que não tinham celulares de última geração e além de falarem mal inglês, eram britânicos. Sete dias depois que voltei, já se sentia a adolescente mais feliz do mundo”, disse a jovem em um post de 2017.

Nota do Boca Juniors

Ao tomar conhecimento do ocorrido, o clube do Boca Juniors emitiu um comunicado no qual declarou sua apoio à vítimabem como um “compromisso absoluto com as questões de gênero e igualdade”.

“Dados os fatos de conhecimento público, o Boca Juniors, através do Departamento de Inclusão e Igualdadecoloca-se à disposição da Sra. Magalí Aravena e da Justiça para chegar ao seu pronto esclarecimento e ratifica seu compromisso absoluto com as questões de gênero e igualdade, conforme regulamentado pelo Protocolo de Ação em Casos de Violência de Gênero, Identidade de Gênero e/ ou Orientação Sexual”, anunciou a instituição “”Xeneize”.

“Da mesma forma, colocará à disposição de Eduardo Salvio o acompanhamento necessário do CABJ para oferecer a assistência que você precisar. Apenas nos pautamos pelos valores de equilíbrio, igualdade e respeito e entendemos que os clubes têm um papel social determinante para travar esta luta que temos enquanto sociedade”, conclui o comunicado.

CA

você pode gostar

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.