RDC: Portugal garante ao CENI apoio às eleições de 2023

O Embaixador de Portugal na RDC António Inocencio Pereira falou com o Presidente da Comissão Nacional Eleitoral Independente (CENI) Denis Kadima Kazadi na quinta-feira, 3 de março. As duas personalidades discutiram o processo eleitoral em curso na RDC.

O diplomata português reconheceu a “grande complexidade” e “enormes responsabilidades” deste processo eleitoral e reafirmou a determinação do seu país em acompanhar a RDC nesta reunião.

“Trocamos com franqueza sobre o desenvolvimento do processo, o próximo calendário, enfim, sobre os preparativos que nos são caros. Ele, como chefe da instituição e nós como amigos da RDC. Todos estão interessados ​​no que vai afetar as próximas eleições em 2023. Como membro da União Europeia, Portugal comprometeu-se a acompanhar a RDC, um velho amigo do meu país, na preparação de uma cooperação bilateral de longo prazo. Temos, portanto, um interesse comum em África e, mais especificamente, na proximidade de todos os nossos parceiros”, afirmou no final da audição.

E para continuar:

“É um processo muito complexo com responsabilidades extremamente altas. O que está em jogo é imenso. O presidente do CENI está bem ciente disso e está fazendo o possível para garantir que tudo isso aconteça como todos nós queremos e esperamos: ou seja, eleições muito boas na RDC”.

Desde que assumiu o cargo, o presidente do CENI teve inúmeras reuniões com parceiros de quem depende fortemente para realizar as eleições gerais marcadas para 2023.

Fonseca MANSIANGA

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.