Quinze anos após o desaparecimento da pequena Maddie, um suspeito indiciado na Alemanha

Uma nova reviravolta no caso Maddie? Um suspeito foi indiciado na Alemanha, a pedido de Portugal, 15 anos após o desaparecimento da menina, anunciou quinta-feira à noite o Ministério Público de Portimão. Essa pessoa, cuja identidade não foi confirmada, foi indiciada na quarta-feira, disse o promotor público.

Esta acusação surge quando as autoridades alemãs afirmam desde 2020 ter provas do assassinato da menina, identificando um pedófilo alemão reincidente, Christian B., já detido, como o principal suspeito.

O homem morava na Praia da Luz, a cidade no sul de Portugal onde Maddie e sua família estavam de férias, no momento em que ela desapareceu, e atualmente cumpre pena de prisão em Kiel, na Alemanha. Ele já foi condenado a sete anos de prisão pelo estupro, em 2005, de uma turista americana de 72 anos, ainda na Praia da Luz.

Como lembrete, o desaparecimento de Maddie é um dos maiores mistérios dos últimos anos. A pequena britânica estava prestes a soprar suas quatro velas quando desapareceu de seu quarto de hotel na Praia da Luz, Portugal, enquanto seus pais participavam de um jantar em maio de 2007.

Seu desaparecimento deu origem a uma campanha internacional excepcional para tentar encontrá-la. Fotos da pequena Maddie, com seu cabelo castanho claro cortado e grandes olhos claros, foram vistas em todo o mundo. No dia 2 de maio, completam 15 anos o dia em que a menina não deu sinal de vida.

Nicole Leitão

"Aficionado por viagens. Nerd da Internet. Estudante profissional. Comunicador. Amante de café. Organizador freelance. Aficionado orgulhoso de bacon."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.