Prisão de Armando Pereira causa alvoroço em França…

As preocupações crescem nas fileiras do grupo Altice após a detenção de um dos braços direitos de Patrick Drahi, relata Les Echos. Armando Pereira foi detido em Portugal na passada quinta-feira.

Este empresário fundou a Altice em 2001 juntamente com Patrick Drahi. Ele é suspeito de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro.

Segundo a imprensa portuguesa, enriqueceu fraudulentamente ao receber propinas de alguns fornecedores da Portugal Telecom, operador de telecomunicações que desde então se tornou Meo e foi comprado por Patrick Drahi em 2014.

Ainda validou “todas as encomendas superiores a 200 euros”

“A comunicação em torno desta operação foi feita de tal forma que a sua culpa ficou imediatamente cimentada na mente das pessoas. Felizmente, chegou agora o momento de a defesa demonstrar que a verdade não é assim tão simples”, afirmaram os advogados do homem nas sombras, agora nas sombras. Ele passou o último fim de semana na prisão.

E embora a presente investigação diga apenas respeito a Portugal, o caso diz respeito à SFR. Os sindicatos UNSA, CFDT e CFTC reuniram-se com a administração para discutir a questão. Um comité socioeconómico extraordinário (CSE) também deverá ter lugar no início de Agosto.

Por que tais preocupações? Embora o empresário português não conste do organigrama oficial da Altice France, continuou a desempenhar um papel fundamental até à sua detenção. Ainda validou “todas as encomendas acima de 200 euros”, diz a CFDT.

Enriquecimento à custa da Altice?

Acima de tudo, Armando Pereira teriam enriquecido à custa da Altice. A justiça portuguesa suspeita que Armando Pereira tenha adjudicado contratos a fornecedores da Altice Portugal que na verdade são propriedade de familiares do empresário.

A Altice Portugal anunciou em comunicado que suspendeu todas as encomendas e pagamentos dos prestadores de serviços objeto de investigação.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *