Premier League: Ronaldo ameaçado de suspensão

Definitivamente, a temporada de Cristiano Ronaldo no Manchester United parece um longo caminho a percorrer. Em desacordo com sua gestão e seu treinador por causa de suas inclinações para sair durante a janela de transferências, ele nunca ganhou um lugar completo aos olhos de Erik Ten Hag.

Detentor apenas uma vez em seis jornadas da Premier League, é mais na Liga Europa que ganha tempo de jogo. Foi também durante o último jogo europeu dos “red devils”, no relvado do Sherif Tiraspol, na Moldávia, que converteu uma grande penalidade e validou assim o seu primeiro golo da época com o MU.

Uma sanção mais de cinco meses depois?

Um efêmero desbaste no céu do quíntuplo Ballon d’Or. Atualmente treinando com Portugal, que deve disputar seus dois últimos jogos da Liga das Nações nesta janela internacional, o CR7 recebeu uma péssima notícia da Inglaterra nesta sexta-feira.

Por meio de um comunicado à imprensa, a federação (FA) o acusa de ter comportamento “violento ou inadequado” após o apito final do encontro Everton – Manchester United em 9 de abril na Premier League, que terminou em uma derrota para os mancunianos em Goodison Park (1-0). Sancionado com cartão amarelo por conduta antidesportiva no final da partida (87º), o português ainda acrescentou uma camada mais tarde.

Ao ir para os vestiários, ele cumprimenta um jovem fã do Toffees, derrubando seu telefone. Um ato que lhe rendeu a ira de muitos internautas nas redes e pelo qual ele se desculpou por meio de sua conta no Instagram. Levado muito a sério, esse caso levou à abertura de uma investigação pela polícia de Liverpool, que acabou se contentando em emitir um lembrete legal ao jogador. No entanto, no cenário do futebol, Cristiano Ronaldo pode receber uma suspensão da FA vários meses depois.

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.