Posse do ministro das Relações Exteriores: “Recuso-me a ser um traidor”, Olivia Rouamba

É em agradecimento a Deus pela sua nomeação e às autoridades pela escolha da sua pessoa que a nova Ministra responsável pelos Negócios Estrangeiros, Olivia Ragnaghnewendé Rouamba, fez o seu discurso. Afirmou imediatamente que não se tratava de trair a confiança nela depositada e, assim, trair o povo de Burkina Faso, que luta pela boa governação. Olivia R. Rouamba, oficialmente instalada em seu cargo nesta sexta-feira, 11 de março de 2022, em Ouagadougou, disse estar ciente dos problemas do momento e dos desafios que precisam ser enfrentados.

“Caros colaboradores, eu me recuso a ser traidor, nos recusaremos a ser traidores e cumpriremos essa missão com abnegação”, disse Olivia Rouamba ao assumir o cargo de ministra das Relações Exteriores.

Porque para ela: “O momento não é de preguiça ou de desapego, muito menos de vontade de sabotar nossa vontade de fazer o bem”.

Vista dos participantes na cerimônia de posse do ministro responsável pelas relações exteriores da transição

“Temos a oportunidade aqui, apesar do contexto muito difícil, de escrever uma página histórica para nosso país em geral e para nossa diplomacia em particular”, disse Olivia Rouamba. No entanto, o diplomata especifica que todos terão que se elevar acima “de suas diferenças e de seus interesses egoístas” para alcançar os objetivos declarados.

“Cada agente conta e tem um papel a desempenhar no desenvolvimento de suas habilidades. Cada agente tem que trazer a sua pedra e cada pedra tem o seu lugar na realização do sítio que nos pertence”, disse o ministro Rouamba. Para isso, pretende seguir uma abordagem ativa, inclusiva e participativa.

“Vamos nos comprometer a apoiar o processo de transição, no interesse da nação, sem compromisso ou complacência, com convicção inabalável”, pediu o diplomata.

Para a sua instalação, Olivia Rouamba foi primeiro à do seu ministro-adjunto responsável pela cooperação regional, Karamoko Jean Marie Traoré. A visão do ministro também faz parte da contribuição à reconciliação nacional para a restauração da paz em Burkina Faso. “A responsabilidade é de cada um de nós contribuir para o estabelecimento de uma diplomacia reconciliada consigo mesma”, desafiou.

A Ministra Olivia Rouamba empossa sua Ministra-Adjunta responsável pela cooperação regional, Karamoko Jean Marie Traoré

Uma citação sobre boa governança emergirá de seu discurso. “O Estado foi feito para ser servido, não podemos usá-lo…”, lembra-se de ter convidado todos os colegas a possuí-lo.

Antes de encerrar suas observações, a ministra deixou claro que não havia margem para erros. Pois os mais velhos olham para eles para ver se aprenderam bem com eles, enquanto os mais novos e os filhos olham para eles para descobrir qual é o legado que vão deixar.

Nomeada Embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária de Burkina Faso na República Federal Democrática da Etiópia em 15 de setembro de 2021, a Ministra Olivia Rouamba apresentou suas credenciais ao Presidente da Etiópia Shalework Zewdé em 5 de janeiro de 2022. Muito antes disso, ela ocupou o cargo de Diretora-Geral de Cooperação Bilateral, substituindo Jean Bengaly, responsável pelo interino.

Hamed Nanema

lefaso.net

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.