Portugal simplifica procedimentos de acolhimento de refugiados ucranianos

Portugal vai abrir os procedimentos para “acolher e integrar» Refugiados ucranianos que fogem de seu país por causa da invasão liderada pela Rússia, anunciou o governo português na terça-feira.

Assim que chegam a Portugal, estes refugiados recebem um “autorização especial“o que permitirá regularizá-los rapidamente”, disse a ministra do Interior, Francisca Van Dunem, durante uma conferência de imprensa no final de um conselho extraordinário de ministros. Esta regularização dá-lhes automaticamente acesso a um número de contribuinte, um número de segurança social, serviços de saúde, ajuda para encontrar habitação e oportunidade de trabalho. Estas medidas aplicam-se por um período inicial de um ano, mas podem ser prorrogadas.

29.000 ucranianos atualmente em Portugal

Foi lançado um portal na Internet destinado a ajudar os refugiados a encontrar trabalho e já contém mais de 2.000 anúncios nos sectores dos transportes, turismo e construção. Eles poderão aproveitaruma integração global e transversal em todo o país”, sublinhou a Ministra do Trabalho Ana Mendes Godinho. O número de refugiados que podem vir para Portugal é determinado no quadro europeu, mas o país tem o “a capacidade de modificar a resposta de alguémsobre a situação, observou a porta-voz do governo, Mariana Vieira da Silva.

Conhecemos bem a comunidade ucraniana, o que certamente contribuirá para a sua integração bem sucedida.O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, recordou esta segunda-feira à noite a chegada a Lisboa de um primeiro voo de repatriamento com 38 portugueses e luso-ucranianos. Existem actualmente cerca de 29.000 ucranianos a viver em Portugal. O governo português também anunciou que enviará ajuda militar à Ucrânia. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, agradeceu a Portugal no domingo, durante uma conversa telefónica com o seu homólogo Marcelo Rebelo de Sousa.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *