Portugal de Ronaldo e Polónia de Lewandowski qualificaram-se para o Qatar

Publicado em : alterado:

Graças a um bis de Bruno Fernandes, Portugal apurou-se para o Mundial no Qatar (2-0), na terça-feira, às custas da Macedónia do Norte. A Polônia também se classificou para a Copa do Mundo ao derrotar a Suécia de Zlatan Ibrahimovic por 2 a 0.

Cristiano Ronaldo estará presente no encontro de uma quinta Copa do Mundo aos 37 anos. Portugal se classificou para a Copa do Mundo de 2022 ao vencer a Macedônia do Norte por 2 a 0 no play-off no Porto na terça-feira, 29 de março.

O campeão europeu de 2016 passou para a frente pouco depois da meia hora, com um golo de Bruno Fernandes, servido por Cristiano Ronaldo (32.º, 1-0). O meia-atacante do Manchester United trouxe a paz ao marcar novamente no meio do segundo tempo (65º, 2 a 0).

Os lusitanos participam no oitavo Mundial da sua história, o décimo segundo grande torneio consecutivo. Diante de macedônios desinibidos que haviam criado a surpresa ao eliminar a Itáliaos portugueses lentamente tiveram sua primeira chance.

Como sempre, “CR7” lançou hostilidades. Bem servido por Otávio, o Bola de Ouro a cinco rendeu belo cruzamento da esquerda, mas raspou a direita das grades adversárias (14º). A Macedônia respondeu logo em seguida com um chute lateral de Ezgjan Alioski (20º).

Diogo Jota pensou então em abrir o placar na cobrança de escanteio, com a cabeça do atacante do Liverpool finalizando logo acima (24º). Depois Portugal marcou um golo 100% “feito no” Manchester United. Bruno Fernandes interceptou um mau passe macedónio e contou com Ronaldo para lhe dar a bola no jogo, o craque fechou com um remate certeiro à queima-roupa (1-0, 32º).

De regresso do balneário, Bruno Fernandes voltou a tentar a sorte, mas o remate de fora da grande área foi bem batido pelo guarda-redes dos balcânicos, Stole Dimitrievski (52.º).

Foi apenas um alívio, já que o meia-atacante finalizou um belo contra-ataque português com uma recuperação imparável após um cruzamento de Diogo Jota (66º, 2-0), selando finalmente a qualificação de seu país para a Copa do Mundo.

Lewandowski fecha a Suécia de Ibrahimovic

Na outra eliminatória da zona europeia da noite, a Polônia de Robert Lewandowski se classificou ao derrotar a Suécia de Zlatan Ibrahimovic por 2 a 0 na final do play-off em Chorzow.

Imediatamente classificados após a exclusão da Rússia após a invasão da Ucrânia, os poloneses assumiram a liderança graças a uma cobrança de pênalti de Grzegorz Krychowiak.

Com uma braçadeira com as cores amarela e azul da Ucrânia, Lewandowski saiu e o avançado do Bayern de Munique não vacilou (50º) e marcou o seu 9º golo em 9 jogos nesta fase de qualificação. Depois, Piotr Zielinski dobrou a aposta (72.º), oferecendo à Polónia a segunda participação consecutiva no grande encontro planetário.

É cruel para “Ibra”, sonhar com novos patamares com a Suécia após sua aposentadoria internacional. Mas nada correu como planeado para o avançado do AC Milan (40 anos), a quem foi negado o Campeonato da Europa no verão de 2021 devido a uma lesão e agora foi expulso do Mundial de 2022.

Ibrahimovic junta-se assim a um grupo de estrelas a quem foi negado este grande encontro, como o norueguês Erling Haaland, o egípcio Mohamed Salah ou os italianos campeões europeus, todos trancados em frente aos seus televisores em novembro.

Um último bilhete será premiado na zona Europa: a Ucrânia, cujo jogo foi adiado, enfrentará a Escócia, e o vencedor deste duelo enfrentará o País de Gales de Gareth Bale.

Com AFP

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *