Portugal alerta e ainda devastado pelas chamas

Ainda há vários incêndios em Portugal. O país foi colocado em alerta máximo até terça-feira. Um total de 1.800 bombeiros foram mobilizados em todo o país para combater as chamas.

Portugal, atingido por uma terceira vaga de calor desde o início de julho, continua a combater vários incêndios na segunda-feira, enquanto o país está de prontidão até terça-feira devido ao risco de incêndios florestais.

De acordo com dados da defesa civil, cerca de 1.800 bombeiros foram mobilizados na manhã desta segunda-feira para extinguir as chamas em todo o território. O maior incêndio assolou a região de Vila Real, no extremo norte, e avançou numa zona montanhosa de difícil acesso.

O estado de alerta, declarado pelo governo no domingo, restringe nomeadamente o acesso às florestas e proíbe a utilização de máquinas ou a realização de espetáculos pirotécnicos para evitar a ocorrência de incêndios. Visa também reforçar o nível de mobilização da ajuda e os seus poderes.

94.000 hectares queimados desde o início do ano

Para os dias de segunda e terça-feira, o Instituto Meteorológico Português (IPMA) prevê temperaturas na ordem dos 40 graus Celsius no interior do país. Portugal, que vive uma seca excepcional este ano, já vive o julho mais quente em quase um século.

Quase 94.000 hectares viraram fumaça no país desde o início do ano, a maior área desde os incêndios mortais de 2017 que fizeram 100 vítimas, segundo o último relatório do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF). O único incêndio florestal no Parque Natural da Serra da Estrela, zona montanhosa no centro de Portugal classificada pela UNESCO, consumiu mais de 25 mil hectares de vegetação nas últimas semanas antes de ser declarado controlado na quarta-feira.

Segundo os cientistas, o aquecimento global aumenta a probabilidade de ondas de calor, secas e, por sua vez, incêndios.

Alberta Gonçalves

"Leitor. Praticante de álcool. Defensor do Twitter premiado. Pioneiro certificado do bacon. Aspirante a aficionado da TV. Ninja zumbi."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.