Portal de notícias do governo das Ilhas Canárias

O programa Canarias Crea apoiou 66 ações culturais no primeiro trimestre de 2022, a maioria artes performativas, em 14 países e 9 comunidades autónomas.

Em sua nova etapa após as dificuldades da pandemia, o programa Canário cria Ele promoveu a presença de 244 profissionais da cultura insular em 14 países ao redor do mundo durante o primeiro trimestre de 2022 e planeja apoiar mais de 300 viagens nas próximas semanas. Em outras palavras, isso significa que todos os dias do ano há uma média de três pessoas do setor cultural da ilha em algum lugar do planeta fazendo seu trabalho profissional. O Instituto das Canárias para o Desenvolvimento Cultural (ICDC), empresa pública do Governo Autónomo, é responsável pela gestão deste programa, que permite a profissionais de diversas áreas culturais recorrer a ajudas de viagem.

Nestes primeiros noventa dias de 2022, com o Canarias Crea já operando a plena capacidade e com um volume semelhante ao do período anterior à crise global da saúde, foram apoiados um total de 66 solicitações ou iniciativas. A maioria (40%) está relacionada Artes performáticas (30% teatro e 10% dança), bem perto está o música, que abrange 34% das atividades. Também houve espaço para ações em torno do livro e da literatura (12%), o Artes visuais (9%) e o setor audiovisual (3%).

Tudo isso aconteceu em quase quinze países da Europa (Alemanha, França, Itália, Holanda, Luxemburgo, Suécia, República Tcheca e Bélgica), Estados Unidos, América Latina (Cuba, Costa Rica e México), África (Tunísia) e Ásia. (Líbano). A isto junta-se um bom número de convites a profissionais das Canárias para participarem em atividades culturais em nove comunidades autónomas espanholas.

Desta forma, promove-se que o sector cultural possa levar a sua criação artística ou acção profissional para além das ilhas, contribuindo assim para a estabilidade profissional de um sector particularmente afectado por desenvolver-se num território fragmentado longe do continente e das principais centros de produção cultural.

Até agora este ano, artistas das ilhas realizaram espetáculos de teatro e dança, exposições, residências, concertos e passeios fora do Arquipélago em diferentes espaços cénicos em todo o mundo. Outros trabalhadores do setor têm participado de festivais, feiras e mercados em suas funções de gestão, criação ou curadoria. E assim, tem havido representação das Canárias em eventos como o Festival de Cinema de Málaga, Jazz I Am International Meeting (Barcelona), Beirut and Beyond International Music Fest, Festival de Artes Vivas Sâlmon (Barcelona), ARCO (Madrid) e Art Madrid, entre outros, bem como em uma grande diversidade de espaços culturais.

Herança cultural

Recorde-se que para além dos habituais espaços culturais que têm vindo a ser apoiados nos 17 anos de história de Canarias Crea, acrescenta-se também o Património Cultural, que deverá ser dinamizado nesta nova etapa. O objectivo é incentivar os profissionais desta área a beneficiarem também de ajudas de viagem caso trabalhem num projecto fora das ilhas como investigador principal, ou que recebam um convite para participar em congressos ou conferências como orador.

Neste contexto, foi organizado um programa de malas de viagem para que os profissionais do Património possam participar no próximo CM Málaga Cultura e Museus International Tech Forum, um importante encontro internacional que se realizará na cidade andaluza nos dias 20 e 21 de junho. Canarias Crea poderá cobrir as viagens e inscrições para o congresso, com até 300 euros por assistente profissional.

Próximas semanas

Canarias Crea já aprovou mais de uma centena de atividades a serem realizadas entre agora e os próximos meses. Um número que se multiplicará amplamente, como esperado, já que o programa pode receber inscrições até um mês antes da realização da atividade. No entanto, para os meses de abril e maio estão previstas cerca de 300 novas viagens para atender oportunidades profissionais em países como Argentina, Áustria, Brasil, Cabo Verde, Colômbia, Portugal e Reino Unido, que se somam às já mencionadas, e praticamente todas as comunidades autônomas. Da mesma forma, recorde-se que as informações sobre o seu funcionamento e acesso às aplicações de Canarias Crea estão em www.canariascrea.comum site também hospedado no site do ICDC.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.