Pedidos de nacionalidade online serão possíveis até o final do ano

O ‘grande salto em frente’ de Portugal na transição digital vai aliviar enorme pressão sobre os notários

O portal da justiça de Portugal está a ser adaptado para tratar dos pedidos de nacionalidade – um processo que é dos mais “pesados” (para quem lê atrasado) dentro do instituto dos notários e registos do IRN.

O anúncio partiu do secretário da Justiça, Pedro Ferrão Tavares, e é apresentado como uma “garantia”.

Segundo o Diário de Notícias, a alteração entrará em vigor “até ao final deste ano”.

“Queremos disponibilizar online a submissão das candidaturas”, disse Ferrão Tavares ao jornal – explicando que a submissão vai passar por uma “pré-avaliação dos documentos exigidos”, permitindo assim que o processo siga as vias normais.

Essa etapa sozinha “tirará uma enorme pressão sobre os serviços de apresentação”, disse ele. Os processos de atribuição da nacionalidade são, neste momento, “um dos mais congestionados do Instituto do Notariado e dos Registos, com tempos de tramitação que ultrapassam dez vezes o prazo definido por lei”, indica o DN, apontando que assim tem acontecido por “anos” devido ao aumento exponencial do número de pedidos de nacionalidade portuguesa.

Como explica Ferrão Tavares, a ideia é transformar os pedidos de nacionalidade da mesma forma que o processo de pedido e renovação de cartões de cidadão passou a ser online. A decisão liberou nada menos que três milhões de consultas presenciais… e a beleza de fornecer serviços online é que eles podem ser realizados ‘a qualquer momento’. Ele citou “metade das consultas” sobre processos judiciais realizadas durante as horas em que os próprios tribunais estão fechados.

A plataforma da Justiça é “uma das faces centrais da transição digital (do setor)”, referiu – e um dos principais eixos do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência).

As alterações nos pedidos de nacionalidade serão acompanhadas de outras, prometeu. As pessoas poderão abrir negócios online (o portal permitirá vários idiomas) com o objetivo de se tornarem mais atraentes para investidores estrangeiros.

natasha.donn@portugalresident.com

Isabela Carreira

"Organizador sutilmente encantador. Ninja de TV freelancer. Leitor incurável. Empreendedor. Entusiasta de comida. Encrenqueiro incondicional."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *