Oportunidade para a Itália? Fifa analisaria desclassificação de outra equipe do Qatar 2022

Já começou a contagem regressiva para a Copa do Mundo Qatar 2022, disputa que será realizada entre 21 de novembro e 18 de dezembro. Das 32 equipas classificadas, 29 lugares já estão definidos e sabem o seu destino para a fase de grupos após o sorteio da passada sexta-feira.

Na ausência de três equipes para obter sua cota, a Copa do Mundo parece cada vez mais próxima. Além de não ter a seleção colombiana na Copa do Mundo, este evento esportivo será de interesse global e é por isso que todos os olhos estão voltados para ele.

Além de gerar felicidade em todos os espaços do globo, é também um assunto favorito da crítica. Comentários negativos costumam cair na Fifaa entidade máxima do futebol que organiza o campeonato internacional de seleções nacionais.

Apesar das reclamações sobre a exploração trabalhista no Catar e suas leis rígidas, que podem representar um problema para os turistas, a Fifa manteve sua decisão de seguir em frente com a realização da Copa do Mundo, algo que não mudará daqui a sete meses. deixe a bola rolar.

A caminho da nova Copa do Mundo, a organização tomou apenas uma decisão que afetou o qualificador e foi desqualificar a Rússia do qualificador europeu. Isso ocorreu depois que o governo daquele país deu ordem para invadir a Ucrânia com um ataque militar, ação que várias entidades esportivas desaprovaram e, portanto, baniram os russos de suas competições.

Agora, quando a maré parecia calma, as ações de outro país podem deixá-lo sem seu lugar na Copa do Mundo Qatar 2022. A mídia internacional informou que a Fifa está analisando a exclusão do Irã da competição internacional devido à discriminação contra as mulheres.

Este país havia permitido a entrada de mulheres nos estádios no final de 2019, sendo uma decisão histórica quando foram vistas em outubro daquele ano na partida de qualificação contra o Camboja no estádio Azadi, em Teerã.

E em um caso completamente contraditório, em 29 de março, as mulheres foram proibidas de entrar na última data da eliminatória asiática. Na vitória daquele país sobre o Líbano, a presença feminina foi nula nas arquibancadas, mas foi sentida fora da arena esportiva.

Apesar de terem seus ingressos, mais de 2.000 mulheres foram discriminadas e ficaram do lado de fora do estádio. Isso foi criticado por vários meios de comunicação e nas redes sociais, gerando um impacto tão forte que a Fifa estaria analisando vetar a seleção iraniana e dar a oportunidade de se classificar para outra seleção nacional.

Se isso acontecer, o que parece improvável devido à proximidade da Copa do Mundo, o benefício seria para a Itália porque é o time sem vaga na Copa do Mundo que está melhor colocado no ranking da Fifa. Recorde-se que aquele país não se classificou porque foi eliminado dos playoffs europeus pelas mãos da Macedónia do Norte, que perdeu para Portugal na fase final.

Grupos Catar 2022

  • Grupo A: Catar, Equador, Senegal, Holanda.
  • Grupo B: Inglaterra, Irã, EUA, playoffs europeus* (País de Gales/Escócia x Ucrânia).
  • Grupo C: Argentina, Arábia Saudita, México, Polônia.
  • Grupo D: França, playoff 1 (Peru/Emirados Árabes Unidos x Austrália), Dinamarca, Tunísia.
  • Grupo E: Espanha, playoff 2 (Nova Zelândia/Costa Rica), Alemanha, Japão.
  • Grupo F: Bélgica, Canadá, Marrocos, Croácia.
  • Grupo G: Brasil, Sérvia, Suíça, Camarões.
  • Grupo H: Portugal, Gana, Uruguai, Coreia do Sul.

*Repescagem 1 define entre o vencedor do duelo do Peru contra o vencedor da partida entre Emirados Árabes Unidos e Austrália. Vencedor da repescagem 2 Costa Rica x Nova Zelândia. A última cota europeia virá da chave entre o País de Gales e o vencedor da partida Escócia x Ucrânia.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.