OMS alerta para situação na Europa

O ESSENCIAL

  • Monkeypox geralmente cura por conta própria e os sintomas duram de 2 a 4 semanas.
  • Os casos graves ocorrem com mais frequência em crianças e estão relacionados à extensão da exposição ao vírus, à condição médica do paciente e à natureza das complicações.
  • Ultimamente, a taxa de mortalidade é de cerca de 3-6% dos casos.

“A ação urgente e coordenada é imperativa se quisermos mudar o rumo na corrida contra a propagação da doença”. Em um comunicado de imprensa divulgado na sexta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu à Europa que reaja o mais rápido possível para conter a propagação da varíola no continente.

“Não há espaço para passividade”

O diretor regional da organização de saúde incentivou os países europeus a “aumentar seus esforços nas próximas semanas e meses para evitar que a varíola se instale em uma área geográfica maior”. “Simplesmente não há lugar para passividade”, por sua vez sublinhou o diretor da OMS Europa Hans Kluge.

Até agora, 4.500 casos de varíola foram confirmados em laboratório em 31 países ou territórios europeus, três vezes mais do que em meados de junho. O Reino Unido é o país mais afetado (1.076 casos), à frente da Alemanha (838), Espanha (736), Portugal (365) e França (350).

A varíola do macaco (também chamada “vírus ortopox símio” Onde “monkeypox”) é uma zoonose viral (vírus transmitido ao homem por animais) cujos sintomas são menos graves do que os observados no passado em indivíduos com varíola.

Sintomas

“O período de incubação do vírus geralmente varia de 6 a 13 dias, mas pode variar de 5 a 21 dias”, explica a OMS. A infecção é dividida em dois períodos:

– o período invasivo (que dura de 0 a 5 dias) caracterizado pelo aparecimento de febre, dores de cabeça intensas, linfadenopatia (linfonodos inchados), dor nas costas, mialgia (dor muscular) e astenia acentuada (falta de energia). A linfadenopatia é uma característica da varíola dos macacos que a distingue de outras doenças que podem apresentar inicialmente semelhanças (varicela, sarampo, varíola).

– A erupção cutânea, que geralmente começa dentro de 1 a 3 dias após o início da febre. Geralmente se concentra mais na face e extremidades do que no tronco. “Afeta a face (em 95% dos casos), as palmas das mãos e as plantas dos pés (em 75% dos casos). As mucosas orais (em 70% dos casos), os órgãos genitais (30%) e as conjuntivas (20%) assim como a córnea também são marcadas”, diz a OMS.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.