O mergulhador de 16 anos que desapareceu nos Açores era uma esperança para o surf francês

Desde segunda-feira, o resgate português tenta encontrar um francês de 16 anos que desapareceu ao largo do Faial, no arquipélago dos Açores, enquanto praticava snorkeling. Quarta-feira, a Federação Francesa de Surf indicou que o jovem era Jules Prou, uma esperança da disciplina, originário da ilha de Ré.

“Nós estendemos nossas condolências aos seus pais Charlotte e Benjamin, ao seu irmão Valentin e à sua família, escreve a autoridade em um comunicado de imprensa. Estamos com eles nesta provação e lhes damos todo o nosso apoio. O nosso pensamento vai também para todos os membros, líderes e jovens surfistas do Pôle Espoir Bretagne, do clube de surf da ESB e do Surf Club Rétais onde Jules começou a surfar. »

O corpo sempre quis

Segundo as autoridades portuguesas, o alerta sobre o desaparecimento de Jules Prou ​​tinha sido dado “por um representante de uma empresa de turismo especializada em atividades marítimas”. “De acordo com a família, comunicaremos sobre as cerimónias que virão homenagear a bela pessoa que foi Jules e dar vida à sua memória”, comunicou a Federação Francesa de Surf.

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.