o belo jackpot que Rigobert Song receberia –

Se a chegada de Rigobert Song à frente da direção techno da seleção camaronesa foi recebida com grande alarde, a notícia da assinatura de seu contrato ainda não foi oficializada. E ainda…

Oficialmente, nem o Ministério do Desporto que representa o Estado, nem o corpo técnico da Federação Camaronesa de Futebol (Fécafoot), comunicaram sobre a situação contratual dos novos quadros dos Leões Indomáveis. Mas, à força de manter o suspense, algumas informações vazam. E nossos colegas do Africa Foot United acreditam que Rigobert Song e sua equipe assinaram um contrato de dois anos em 23 de março, dois dias antes dos play-offs da Copa do Mundo de 2022.

O salário mensal de todos os novos dirigentes da seleção de Camarões seria de pouco mais de 65 milhões de francos CFA. O dobro do que estava reservado ao técnico português António Conceição. Estão preocupados: o treinador-treinador Rigobert Song, o treinador adjunto Sébastien Migné, o treinador da equipa Raymond Kalla, o treinador de guarda-redes Souleymanou Hamidou, o preparador físico Raphaël Fevre e o analista de vídeo David Baltaze. ” Assinamos os contratos certos “, também havia avisado Song em entrevista coletiva no dia 24 de março no estádio Japoma.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.