O 10.000 del Soplao antecipa mais de 8.000 participantes após dois anos de hiato

A competição desportiva de Los 10.000 del Soplao, que já conta com mais de 7.000 inscritos provenientes de Espanha, Portugal, França, Reino Unido, Alemanha, entre outros países, espera atingir mais de 8.000 participantes nas provas que se realizarão entre maio e junho , após dois anos suspenso pela pandemia.

O vice-presidente e conselheiro de Esporte, Pablo Zuloaga, e o chefe de Turismo, Javier López Marcano, apresentaram o teste em entrevista coletiva nesta terça-feira, juntamente com o responsável por Rotas e Sinalização, Daniel Gómez, e representantes do patrocinador empresas.

A décima quarta edição do chamado ‘Inferno Cantábrico’ será disputada pela primeira vez em três finais de semana, em vez dos dois em ocasiões anteriores, e a competição será dividida por disciplinas esportivas para priorizar a segurança e atenção a todos os participantes.

Da mesma forma, com o intuito de renovar a competição, abre este ano o parapente na modalidade aérea; acompanhados pelos que já estavam ao nível do solo: BTT, ciclismo de estrada, bicicletas, maratona e ultramaratona, combinado -duatlo- e caminhada; além dos aquáticos: Soplaoman -triatlon- e natação em águas abertas.

Este novo teste consistirá em decolar da encosta de El Cueto, no município de Mazcuerras. Superando uma queda de cerca de 350 metros, os participantes terão que planejar e acalmar os nervos antes de colocar os pés em um alvo de apenas 20 centímetros de diâmetro.

A edição deste ano do 10.000 del Soplao começará com a modalidade de mountain bike (BTT) no sábado, 21 de maio, em um fim de semana inteiramente dedicado a essa especialidade.

Duas semanas depois, no sábado, 4 de junho, será a vez do evento de ciclismo de estrada, que conta atualmente com 1.000 participantes.

A ultramaratona, maratona, combinado, caminhada, natação em águas abertas, ‘Soplaoman’ e provas adaptadas, que entre todas elas devem ter a participação de 5.000 pessoas, acontecem nos dias 17 e 18 de junho.

Nesta edição, como novidade, as provas de natação (águas abertas e ‘Soplaoman’) terão uma travessia de 10 quilômetros, começando em San Vicente de la Barquera e terminando em Comillas.

O 10.000 del Soplao também tem a solidariedade entre os seus principais eixos, pelo que este ano parte das receitas das inscrições será destinada à Associação Cantábrica de Esclerose Lateral Amiotrófica (CanELA), a fim de proporcionar condições de vida digna às pessoas diagnosticadas com esta doença.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *