Notícias | O cargueiro de carros de luxo que pegou fogo nos Açores afundou

Por La Provence (com AFP)

Um cargueiro que transportava milhares de veículos de luxo pertencentes ao grupo Volswagen, que se incendiou nos Açores há quase duas semanas, naufragou na manhã de terça-feira, anunciou a marinha portuguesa. †Navio mercante ‘Felicity Ace’ afundou” até “cerca de 25 milhas náuticas (cerca de 46 km) da Zona Económica Exclusiva Portuguesadisse a Marinha em um comunicado.

O naufrágio do cargueiro que “perdeu a estabilidade“, decorreu durante a operação de reboque, que teve início a 24 de Fevereiro, numa zona com cerca de 3.000 metros de profundidade. O “Felicity Ace”, de bandeira panamenha, estava há alguns dias à deriva no arquipélago português. Açores, após um incêndio a bordo em 16 de fevereiro.

O navio, que deixou a Alemanha e ia juntar-se aos Estados Unidos, estava a 90 milhas náuticas (cerca de 170 quilómetros) a sudoeste da ilha do Faial quando o alarme soou. Os 22 tripulantes deste cargueiro, que segundo a mídia local transportava veículos Audi e Porsche, foram rapidamente resgatados. Foram inicialmente evacuados a bordo de um petroleiro que tinha sido desviado no local para participar nas operações de resgate, antes de serem transportados a bordo de um helicóptero militar para a Ilha do Faial.

Nos dias que se seguiram, o fogo se espalhou ainda mais a bordo deste navio de aproximadamente 200 metros de comprimento. As baterias de lítio foram a causa do desastre, segundo vários meios de comunicação, mas a informação não foi confirmada. No local do naufrágio pode ser visto “detritos e resíduos oleosos“que estão sob vigilância, disse a Marinha portuguesa, acrescentando que os mergulhadores navais, especialmente equipados com barreiras de retenção de poluição, devem ir ao local.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.