NATO cria dois centros tecnológicos em Portugal – Tecnologias

NATO cria dois centros tecnológicos em Portugal – Tecnologias



Portugal foi escolhido pela NATO para acolher dois centros de inovação e aceleração de tecnologias aplicadas à defesa, de acordo com um comunicado de imprensa conjunto do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Ministério da Defesa enviado aos editores na quinta-feira. As duas estruturas do Acelerador de Inovação em Defesa para o Atlântico Norte (DIANA) devem ser comissionadas no próximo ano.

“O projeto DIANA é uma ferramenta que visa acelerar o desenvolvimento de soluções tecnológicas emergentes e disruptivas dentro da OTAN, principalmente tecnologias de dupla utilização com aplicações no domínio da segurança e defesa”, refere o comunicado. do governo.

Em particular, o país vai receber um “Sítio da Rede Aceleradora” e um “Centro de Testes”, que serão instalados respetivamente no Arsenal do Alfeite, em Almada, e no Centro de Experimentação Operacional da Marinha em Tróia. “A instalação destas estruturas no território nacional representa uma oportunidade relevante para a economia da defesa nacional e a sua aproximação à rede de inovação agora nascida na Aliança”, lemos. A NATO está atualmente presente em Portugal através do “Centro Conjunto de Análises & Lições Aprendidas” em Lisboa, da Academia de Comunicações e Informação e do Comando das “Forças de Ataque e Apoio Naval NATO” (STRIKFORNATO), em Oeiras.

Nicole Leitão

"Aficionado por viagens. Nerd da Internet. Estudante profissional. Comunicador. Amante de café. Organizador freelance. Aficionado orgulhoso de bacon."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.