Mergulhador francês dado como desaparecido em Portugal: Autoridade Marítima anuncia fim das buscas

A Autoridade Marítima Portuguesa anunciou esta sexta-feira o fim das buscas por Jules Prou, um jovem surfista francês de 16 anos que desapareceu na segunda-feira enquanto mergulhava ao largo da ilha do Faial, no arquipélago dos Açores.

As esperanças de encontrar Jules Prou ​​estão diminuindo. A Autoridade Marítima Portuguesa anunciou na sexta-feira que estava a interromper a busca pelo jovem surfista francês esperançoso. Recorde-se que desapareceu na passada segunda-feira enquanto mergulhava na ilha do Faial, no arquipélago dos Açores.

“Será mantido um aviso ao transporte para todas as embarcações que passarem pela área para que permaneçam vigilantes e relatem quaisquer avistamentos”, disse a Autoridade Marítima em comunicado.

Na quarta-feira, a Federação Francesa de Surf anunciou, numa mensagem de condolências publicada nas redes sociais, que a vítima deste acidente de mergulho foi Jules Prou, uma jovem esperança do surf francês.

Ele evoluiu no Pôle Espoir de Bretagne, um setor de alto nível ligado à federação. “Do auge dos seus 16 anos, Jules já era um cavalheiro, dotado de elevado potencial e uma maturidade surpreendente”, saudou nas redes sociais o ESB Surf Club, onde foi despedido.

Originalmente da Ilha de Ré, ele foi classificado em 2º no Open de France espoirs de Lacanau em julho passado e 2º no campeonato de cadetes da Bretanha em junho.

Pesquisa apoiada pelo exército

O alerta sobre o desaparecimento de Jules Prou, a cerca de dez milhas náuticas, ou cerca de 18 quilómetros a oeste do Faial, tinha sido dado na segunda-feira por um representante de uma empresa de turismo especializada em atividades marítimas.

Durante as buscas, o trabalho de socorro português foi apoiado por um barco da marinha e um avião da força aérea.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.