Ligue 1: OM correto Nice, Pape Gueye faz sua primeira aparição

Ainda sem Bamba Dieng, Pape Gueye que está comendo tempo de jogo… Não importa para OM. Em nome da 4ª jornada da Ligue 1, o Clube Olímpico foi para esmagar o Nice neste domingo (3-0).

Paris Saint-Germain e Igor Tudor enterram um pouco mais as dúvidas. Embora muitas escolhas tenham sido criticadas desde o início da temporada, em particular a demissão do atacante senegalês Cheikh Ahmadou Bamba Dieng, o OM do técnico croata está avançando da melhor maneira possível e acaba de oferecer sua terceira vitória em quatro jogos do Campeonato.

No Allianz Rivera, esta tarde de domingo, Alexis Sánchez e os seus companheiros de equipa fizeram pouco trabalho ao OGC Nice de Lucien Favre. Levado em particular pelos dois primeiros golos do avançado chileno com as suas novas cores (10º, 42º) e uma nova conquista do lateral-esquerdo português Nuno Tavares (37º), o Olympique de Marseille venceu por 3-0.

Durante esta reunião, Pape Alassane Gueye, que não jogou um único minuto desde o início da temporada, finalmente apareceu com o OM. O médio internacional senegalês regressou no último quarto de hora e por isso participou no sucesso. Graças a esses três pontos, o Olympique de Marseille ocupa temporariamente o primeiro lugar na Ligue 1.

www.wiwsport.com

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *