Liga dos Campeões. Bayern derruba Barça, Liverpool revive

Gr.D: lutas do OM, saltos esportivos

Definitivamente, os marselheses estão lutando para estar à altura do evento da rainha europeia: OM, muito duro, perdeu em casa para um gol oportunista de Jesper Lindstrom (43º) e já vê a qualificação para o oitavo ficar complicada.

Com esta 16ª derrota nos últimos 17 jogos da C1, a equipa olímpica encontra-se em último lugar no grupo D (0 pts) e mal começou antes de um duplo confronto com o Sporting Portugal (1º, 6 pts), goleador do Tottenham na terça-feira com dois golos no final da partida (90º, 90º+3).

A OM vai receber os portugueses com arquibancadas cheias? A noite levanta a ameaça de novas sanções da UEFA após os excessos ocorridos em um Velódromo sob forte vigilância policial, com bombas de fumaça jogadas de uma arquibancada para outra e saudações nazistas observadas por torcedores alemães. .

Já derrotado por 2-0 na semana passada em casa do Tottenham, o OM foi apanhado pouco antes do intervalo pelo Frankfurt, com uma falha defensiva de que Jesper Lindstrom (43º) aproveitou.

Atordoados, os Marselheses passaram perto do K.-O. em um chute de Lindstrom em ângulo fechado no travessão (54º) ou uma tentativa de Randal Kolo Muani lançada pelo goleiro do Marselha Pau Lopez (75º).

Tudor, no entanto, revisou toda a sua linha ofensiva e o OM empurrou para empatar, com o guarda-redes alemão Kevin Trapp a intervir na frente de Valentin Rongier (66º). Mas em vão, deixando os Marselheses de mãos vazias e com o coração pesado de arrependimentos…

Gr.C: Bayern mede o Barça

Vantagem Bayern! No cartaz da noite, o clube bávaro superou o Barça (2-0) graças aos franceses Lucas Hernandez (50º) e Leroy Sané (54º), nocauteando o rival catalão que ainda não tinha sido imerecido.

O reencontro entre o Bayern e seu ex-artilheiro Robert Lewandowski era aguardado com ansiedade: o atacante polonês, transferido para o Barcelona por 45 milhões de euros na offseason, foi mais aplaudido do que apitou e perdeu a maior oportunidade do Barça, mandando a bola logo acima quando estava sozinho na marca do pênalti (18º).

Mas foi o Bayern quem marcou, primeiro por Hernandez com um cabeceamento (50º), depois por Sané (54º), enquanto o estreante de Munique Sadio Mané foi bastante discreto.

O suficiente para dobrar o Barcelona e colocar o Bayern no topo do grupo (6 pontos), três comprimentos à frente do clube catalão e da Inter de Milão, que recuperou às custas de Viktoria Plzen graças a Edin Dzeko (20º) e Denzel Dumfries (70º) .

Gr.B: Atlético surpreendido em Leverkusen

Noite de surpresas no grupo B: FC Porto e Atlético Madrid, favoritos do grupo, acabaram no tatame!

O Club Brugge conseguiu a façanha de vencer bem no estádio do Dragão (4-0) para assumir o controle da piscina com duas vitórias em duas partidas (6 pts).

Atrás, o Atlético acabou dobrando (2-0) na frente do Leverkusen, nos gols

de Robert Andrich (84º) e do francês Moussa Diaby (87º), e os dois adversários encontram-se pescoço a pescoço na classificação (3 pts cada).

Gr.A: Liverpool em andamento

Operação bem-sucedida de aquisição do Liverpool: após a pesada derrota inaugural em Nápoles (4-1), os Reds reagiram contra o Ajax Amsterdam (2-1), relançando-se no Grupo A.

Em Anfield, a equipe de Jürgen Klopp encontrou a falta por meio de Mohamed Salah (17º), mas o Ajax empatou imediatamente graças a um chute forte do canto superior de Mohammed Kudus (27º).

Não foi até um gol providencial de Joel Matip (89º) para libertar os Reds.

Enquanto aguarda o outro jogo da fase de grupos, Glasgow Rangers-Nápoles, adiado para quarta-feira devido a constrangimentos logísticos ligados à morte da rainha Isabel II, Liverpool, Ajax e Napoli estão empatados na liderança (3 pts).

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.