Julie Ferrez: “Tive a oportunidade de treinar o presidente Sarkozy no Eliseu”

O objetivo da sua coluna é trazer todos de volta ao esporte?

Julie Ferrez: Sim, mas só quem quiser! Não há injunções como “deve”, “você deve”, ou a noção de “corpo de verão” no meu vocabulário. Não importa o tamanho da calça, a ideia é manter a forma, de acordo com a capacidade de cada um. Movimentos acessíveis e tratamentos musculares para pequenas doenças, é isso que ofereço aos espectadores. Tudo isso, em total segurança!

Como você vai da academia para os aparelhos de TV?

Fiz uma faculdade de esportes em Lyon e cheguei a Paris em 2003, aos 21 anos, onde comecei no Ritz como gerente de fitness. Então eu criei meu site de coaching online. Depois de cuidar de Karen Mulder e Carla Bruni, tive a oportunidade de treinar o presidente Sarkozy no Eliseu. Boca a boca até William Leymergie e Télématin então agiram.

Parece que você lançou um álbum…

O objetivo é acompanhar os usuários durante a sessão, ao ar livre ou não, sem que eles fiquem com os olhos grudados em uma tela. As playlists foram desenvolvidas de acordo com os movimentos a serem feitos. E em termos de música, mudamos de house para techno, para músicas mais latinas. Ir de um universo para outro? Realmente parece comigo!

Entrevista com Adeline Quittot

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.