Jonathan Cerrada aborda atitude do júri da New Star

Dentro Eles conheceram a glória: o que aconteceu com eles? no TFX desta sexta-feira, 19 de agosto, Jonathan Carrada relembra sua vitória na primeira temporada de Em busca da nova estrela no M6 em 2003. O cantor, que já retornou à sua cidade natal de Liège, ainda lembra o quanto o júri não o poupou na época: “O fato do júri ser tão difícil comigo, tão duro, (…) virou um pouco contra eles. Lembro-me, por exemplo, que André Manoukian ou Dove Attia me disseram: ‘sua atuação é digna de uma feira de salsichas’… Deve ter incomodado as pessoas por trás de suas telas, mesmo. Como eu era tão jovem, tinha 17 anos, era criança, talvez houvesse esse instinto por parte do público de querer me defender e (…) votar em massa em mim“.

Sua vida cotidiana foi então virada de cabeça para baixo: “É Paris, então quando você é um cara provinciano, você tem 17 anos, tudo que você sabe sobre a vida é sua comitiva e os bancos da escola e você é elevado ao posto de estrela, há um lado assustador“. Se os 100.000 euros em jogo o ajudaram muito, o artista espanhol reconhece que lhe faltou perseverança a longo prazo: “É enorme, eu consegui comprar um estúdio em Paris, me estabelecer lá, então isso literalmente mudou minha vida. Vivi o turbilhão, as coisas vieram até mim com muita facilidade, me ofereceram coisas malucas como Eurovision, Un, dos, tres, eu disse sim a tudo sem pensar muito. E então a exposição da mídia enfraquece gradualmente ao longo do tempo. E eu não tinha o desejo, a energia naquele momento para lutar e propor coisas“. Enquanto ele escrevia seu terceiro álbum, a morte de seu irmão mais velho em 2014 o levou a parar tudo e se estabelecer em Bali por vários anos com sua companheira. Hoje, ele não deixou completamente o mundo da música, pois é professor de canto, além de ator de teatro.

Hugo Mallais

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *