Hackers ameaçam Vodafone Portugal, Grupo Impresa e T-Mobile

Lisboa, 24 fev Hackers do Grupo Lapsus ameaçaram vazar informações do grupo de comunicação português Impresa, Vodafone Portugal e da empresa tecnológica T-Mobile, recentemente alvo de ataques. “O que devemos filtrar primeiro?” Eles perguntaram por meio de sua conta do Telegram como uma pesquisa em inglês e português, onde os usuários podem escolher entre as três opções. O Grupo Lapsus reivindicou até ao momento a responsabilidade pelo ataque cibernético à Impresa, desconhecendo-se quem atacou a Vodafone Portugal há mais de duas semanas, que afetou 4 milhões de clientes, incluindo serviços de emergência e bancários. Na semana passada a Vodafone Portugal divulgou uma mensagem a dizer que “talvez” nunca venham a saber quem foi o autor. Além disso, esta mensagem é divulgada um dia depois de o Ministério dos Negócios Estrangeiros português ter anunciado que sofreu um ataque informático que as autoridades estão a investigar, embora não tenha comprometido informação confidencial do Estado. Há algumas semanas, um dos laboratórios mais importantes do país, o Germano de Sousa, também sofreu um ciberataque, tendo o grupo Trust in News reportado ter registado uma “tentativa” de ciberataque. O Grupo Lapsus garantiu em dezembro por meio do Telegram após um ataque cibernético ao Ministério da Saúde brasileiro que seu objetivo é “a monetização do ato”: “queremos dinheiro, é só questão de nos pagar”. EFE cch/mar/cdp (foto)

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.