Há polémica sobre a ida de Ronaldo a Portugal após ausência do clássico de Manchester

A deslocação de Cristiano Ronaldo a Portugal causou alvoroço no balneário do United.

O português Cristiano Ronaldo viajou para o seu país natal depois de ficar de fora do clássico do Manchester que o United finalmente perdeu para o City por 4-1, como visitante, pela Premier League, o que gerou polémica no balneário.

De acordo com o site de esportes The Athletic, O atacante do Manchester United voou para Portugal depois de ser descartado do derby devido a desconforto nos flexores do quadril.

A decisão de CR7 surpreendeu os próprios companheiros que aguardavam a presença do árbitro no vestiário do estádio Etihad, segundo o mesmo médium.

O técnico alemão Ralf Rangnick explicou após a goleada pesada sofrida no clássico que o desconforto de Ronaldo começou na manhã desta sexta-feira e é por isso que ele foi deixado de fora da chamada.

“Nosso médico veio me ver na sexta-feira de manhã, antes do treino, e me disse que o Cristiano não podia treinar por causa do problema que tem nos flexores do quadril. Aconteceu a mesma coisa comigo no sábado e por isso ele não pôde ser parte do campus”, relatou o técnico interino dos “vermelhos”.

Próximo jogo do Manchester United será no próximo sábado contra o Tottenham em Old Trafford num duelo importante na luta pela entrada nas taças europeias já que os locais são quintos com 47 pontos e os de Londres são sétimos com 42.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.