Fundação José Samarago vence Prémio Eduardo Lourenço | cultura e entretenimento

A Fundação José Saramago, imersa nas comemorações do centenário do Prémio Nobel português, foi distinguida com o Prémio Eduardo Lourenço, que é atribuído anualmente pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI) da cidade portuguesa da Guarda e constituído por universidades de Coimbra (Portugal). ) e Salamanca (Espanha).

Segundo o CEI, a distinção, que chega à sua décima sétima edição, foi atribuída por unanimidade de todo o júri, constituído pela Câmara Municipal da Guarda, pela Universidade de Salamanca e pela Universidade de Coimbra.

Com este prémio, que representa uma dotação económica de 7.500 euros, o CEI pretende reconhecer “o importante trabalho da Fundação José Saramago”, que representa “um efectivo iberianismo cultural”.

Pilar del Río, viúva do escritor, é a presidente da fundação que leva seu nome.

O Prémio Eduardo Lourenço é atribuído anualmente a pessoas ou instituições que promovam a cooperação cultural entre Portugal e Espanha.

Eduardo Lourenço foi um dos filósofos e ensaístas mais relevantes em Portugal.

Este escritor nasceu em 23 de maio de 1923 em San Pedro do Río Seco, cidade que faz fronteira com o município de Salamanca de La Alameda de Gardón, e faleceu em 1 de dezembro do ano passado em Lisboa.

Eduardo Lourenço (1923-2020) é Doutor Honoris Causa pela Universidade Nova de Lisboa, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de Coimbra ou Universidade de Bolonha.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.