FIFAK 2022 revela as principais linhas de sua programação

A direção do Kelibia International Amateur Film Festival (FIFAK) revelou as principais linhas da programação para sua 35ª edição, que acontece de 13 a 20 de agosto de 2022 na cidade de mesmo nome.

A Fifak está de volta após uma ausência de dois anos devido à crise global da saúde. Este festival anual é organizado pela Federação Tunisina de Cineastas Amadores (FTCA), com o apoio do Ministério da Cultura e em colaboração com o Centro Nacional de Cinema e Imagem (CNCI) e o município de Kelibia.

O programa da edição 2022 do festival foi revelado na quarta-feira, 3 de agosto, durante uma conferência de imprensa realizada na cidade da cultura. A cerimônia de abertura do FIFAK acontecerá no sábado, 13 de agosto, no teatro ao ar livre Zin Essafi, em Kelibia. A abertura será com um filme português Between Island escrito e realizado por Amaya Sumpsi, um documentário de 76 minutos lançado em 2022.

Adel Abid, diretor do festival e presidente do FTCA, falou sobre as novidades da competição oficial do festival que prevê duas competições, internacional e nacional, abertas a cineastas amadores, cineastas independentes e escolas de cinema.

Duas novas competições serão dedicadas a roteiros e fotos. Entre os 32 cenários submetidos ao comitê de seleção, 18 cenários foram selecionados. No concurso dedicado à fotografia, foram selecionadas 30 fotos entre as 160 fotos.

Três cenários serão premiados e receberão uma quantia de 500 DT, cada um além de menções especiais. O vencedor do prémio para a melhor fotografia receberá 300 DT enquanto a melhor exposição, organizada por um clube da FTCA, terá 500 DT.

Estas duas competições terão um júri próprio que será composto por Souad Ben Slimene, Amine Boufayed e Abdelaziz Bouchmel.

A competição internacional aberta a filmes amadores, filmes independentes e filmes escolares, de qualquer origem, de qualquer gênero. Inclui 37 filmes, incluindo 5 tunisianos, de 30 países.

O Faucon d’or é a distinção máxima atribuída ao melhor filme desta competição, que premia os melhores filmes do género de ficção, Documentário e Animação/Experimental, para além do prémio especial do júri e das menções especiais.

O júri composto por esta competição internacional será composto por Amaya Sumpsi (Portugal), Nejib belkadhi (Tunísia), Najoua Naja (Palestina), Jean-Marie Tino (Camarões).

A Competição Nacional, que inclui mais de 100 filmes, está aberta a filmes amadores e independentes da Tunísia e filmes de escolas de cinema de todos os gêneros.

O vencedor do Grande Prémio deste concurso receberá um montante de 2000 DT. O vencedor do prémio especial do júri receberá um montante de 1500 DT enquanto os de melhor Filme Amador/Independente e o Melhor Filme Escolar terão 1200 DT cada.

O júri nacional será composto por tunisianos, Cyrine Gannoun, Chekra Rameh, Abdallah Chameck, Habib Belhadi e Ghassen Amami

O festival disponibiliza uma “secção de informação”, aberta a filmes de interesse temático e/ou artístico e que não se enquadrem nas condições do concurso.

Homenagem ao cinema militante, incluindo o cinema palestino, exibições especiais, oficinas, simpósios e encontros-debates estão na programação desta edição da Fifak que coincide com o 60º aniversário da FTCA.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.