EMPRESA / 10 a 13 de março: Pastrana se torna a capital mundial do mel na XLI Feira de Apicultura

A feira já confirmou 40 expositores e 17 apresentações para profissionais, com participantes de sete países: Espanha, Itália, Portugal, Finlândia, França, Grécia e até um expositor ucraniano, mas é também uma feira para o consumidor final descobrir o belo mundo das abelhas e dos produtos que produzem, ao visitar Pastrana, uma das aldeias mais bonitas de Espanha

A XLI Feira Internacional de Apicultura de Pastrana, que será realizada de 10 a 13 de março, recupera nesta edição a presença de 40 expositores confirmados de sete países: Espanha, Itália, Portugal, Finlândia, França, Grécia e até um ucraniano expositor.

A feira de apicultura será realizada na Plaza de la Hora de Pastrana – assim chamada porque foi a época em que a princesa de Eboli, presa em seu próprio palácio, tinha permissão para olhar pela janela com vista para este vasto espaço urbano – sob uma grande tenda, bem como nas salas do Paço Ducal.

Precisamente para recuperar a presença pessoal, a feira apícola, que tem a nova direção de Ana Cecilia Alberto, vai melhorar a sua imagem em 2022, com nova iluminação, sinalização e design, criando novos espaços e dinamismo para os expositores e o público melhorarem a sua estadia em isto. † “Nós nos esforçamos muito para modernizar a feira de apicultura”, disse Luis Fernando Abril, prefeito de Pastrana.

Os expositores incluem empresas de máquinas para o setor apícola, apicultores que vendem mel e seus derivados, laboratórios, empresas de tecnologia com foco em inovação para melhorar a produção apícola e instituições (Conselho Provincial de Guadalajara, Conselho Provincial de Cuenca, Câmara Municipal de Pastrana, das comunidades de Castilla-La Mancha, DO Miel de la Alcarria e APAG-COAGRAL).

As apresentações dirigidas aos profissionais do setor apícola serão 17 nesta edição, distribuídas nos dias de sexta-feira 11 e sábado 12 de março. Serão leccionados por profissionais de grande prestígio e abrangerão todos os temas de preocupação actual do sector: protecção da saúde das abelhas face a várias ameaças, impacto das alterações climáticas na produção apícola, nutrição das abelhas, Política Agrícola Comum (PAC), a inclusão da apicultura na marca Campo y Alma e marketing para melhorar a comercialização do mel. “Graças ao apoio e experiência da Associação de Apicultores de Guadalajara, a feira contará com especialistas de primeira linha que abordarão questões de real preocupação dos profissionais”, disse Abril.

A programação da Feira da Apicultura inclui ainda três degustações, duas para o público em geral e uma para crianças, atividade rotulada como “muito importante porque afeta a educação do consumidor” pelo prefeito de Pastrana.

A feira também premiará concursos de curtas-metragens apícolas e rótulos infantis, haverá atividades educativas para crianças e exposição de fotografias do Concurso de Fotografia de Apicultura Calier.

“Neste 2022 de presença restaurada, o nosso desafio é não só manter, mas também aumentar o volume de negócios e interesse científico dos profissionais, bem como fazer o mesmo com o interesse e curiosidade do público em geral pelo mundo das abelhas. , de mel e outros produtos apícolas, com mel de La Alcarria, sem dúvida um dos emblemas do nosso país, como melhor embaixador”, confirma o vereador de Patran.

E é que a região natural de La Alcarria, nas províncias de Guadalajara e Cuenca, na Espanha, produz um mel requintado com uma sutileza e aroma extraordinários que lembram suas origens florais de onde vem, as plantas aromáticas selvagens, que podem ser apreciadas por o público em geral, compre, bem como outros produtos gerados pelas abelhas, na feira apícola, e combine a sua visita com uma visita a Pastrana, uma das cidades mais bonitas de Espanha.

A feira será aberta oficialmente na quinta-feira, 10 de março, às 11h e fechará no domingo, 13 de março, às 14h. A partir de sexta-feira, 11 de março, o Bijenteeltbeurs abre suas portas todos os dias às 10h30 e fecha às 20h. VER PROGRAMA

A XLI edição da Feira de Apicultura de Pastrana foi apresentada esta semana junto com o presidente da Associação de Apicultores de Guadalajara pelas instituições que apóiam financeiramente sua organização: o Conselho Provincial de Guadalajara, que eleva sua contribuição para € 45.000 este ano; o Community Board, que ajuda com € 10.000; e a própria Câmara Municipal de Pastrana, cuja contribuição é de 19.000€.

O presidente da Diputación, José Luis Vega, agradece a todos os componentes do conselho de administração da feira apícola pelo seu envolvimento e em particular ao prefeito de Pastrana “por seus esforços para garantir que a feira esteja cheia novamente este ano – a – enfrenta, porque gera atividade econômica para Pastrana e seu meio ambiente”.

O Delegado Adjunto da Agricultura, Héctor Gregorio, destaca que a feira apícola de Pastrana é “a mais importante do setor a nível nacional e uma das mais conceituadas da Europa, dando visibilidade internacional ao setor apícola da província”.

Por seu lado, o deputado do Ministério da Agricultura, Águas e Desenvolvimento Rural, Santos López, sublinha a importância do sector apícola na província, já que Guadalajara tem 40% de todas as colmeias de Castilla-La Mancha.

Por fim, o presidente da Associação dos Apicultores, Ángel Marco, agradece o envolvimento das administrações na Feira da Apicultura, afirmando que “quando as instituições se unem para apoiar um setor, ele melhora”.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.