Começaram os trabalhos para o projeto do Passadiço Pedonal de Portugal

o intendente Héctor Gay supervisionou esta manhã o início dos trabalhos no Passeio Pedonal de Portugal, entre as ruas Dorrego e Zeballosprojeto de articulação público-privada entre a Câmara Municipal e a empresa Bonacorsi Seguro de Pessoas.

o chefe comunal percorreu a obra acompanhado dos secretários Pablo Romera e Tomás Mariscoe agradeceu ao grupo Bonacorsi pela colaboração na realização “deste projeto superior que visa embelezar ainda mais este setor histórico da cidade para que se torne um novo local de lazer para a comunidade”.

E acrescentou que “Não levará muito tempo para materializar esta iniciativa (o prazo de trabalho é de 90 dias) que, Para além de responder à necessidade de recuperação dos espaços públicos, tornar-se-á num ponto de referência entre os estabelecimentos gastronómicos da Avenida Alem e as lojas da Rua Alsina”.

De sua parte Marisco, responsável pela Mobilidade Urbana e Espaços Públicos, salientou que a obra foi concebida através de uma portaria de mecenato em espaços públicosque foi sancionado há mais de duas décadas.

Este projeto é pioneiro dentro da estrutura de um padrão que não havia sido usado até agora e quando o setor público-privado utiliza essa sinergia, pode ser realizado esse tipo de iniciativa que engloba o cultural, o arquitetônico e o comercial”, afirmou o funcionário.

participou da atividade os diretores Daniel Arrigo Reale e Germán Baratelli e a prefeita Soledad Martínez.

detalhes do trabalho

O projeto é baseado em aproveitar o espaço verde oferecido pela Plaza Payró para agregar a isso um novo setor gerado pela pedonalização da referida artéria, destacando aspectos e promovendo ações de caráter cultural, gastronômico, recreativo, de descanso e passeio.

Este trabalho consiste em construção de novos bueiros, colocação de pavimento articulado, novas luzes e mobiliário. Além disso, prevê-se restauração de dois quiosques antigos.

Nos dois extremos do novo pedestre, na calçada sudeste, serão construídas duas rampas para acesso de pessoas com deficiência cumprimento das normas municipais vigentes; S rampas de veículosem ambos os lados com três cabeços de concreto do tipo “bala” e dois maceros para delimitar as áreas entrada e saída da rua.

Na calçada da parte tranquila do Teatro Municipalserão quatro bancos construída sobre base de concreto e estrutura metálica de tubos estruturais.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.