Casemiro pede para Cristiano Ronaldo ficar

Casemiro trocou o Real Madrid pelo Manchester United durante a janela de transferências de verão. Apesar das dificuldades atuais dos Red Devils, o meio-campista brasileiro espera convencer seu novo companheiro de equipe, Cristiano Ronaldo, a lutar ao lado dele para regularizar a situação.

Juntos, Casemiro e Cristiano Ronaldo conquistaram quatro títulos (incluindo três consecutivos) em Liga dos Campeões com a camisa do Real Madrid. Depois de dar ao clube madridista o tão esperado Decima em 2014, muito contribuiu para o sucesso da equipa liderada por Zinedine Zidane entre 2016 e 2018. Reunidos novamente ao lado do Manchester United esta época, o médio brasileiro e o avançado português enfrentam um desafio completamente diferente. Antes de pensar em subir ao topo da Europa, os dois amigos já terão que ajudar o clube mancuniano a recuperar sua soberba na Premier League. E para isso, Casemiro sabe disso: vai precisar do CR7.

“Não falei com Cristiano, indicou o internacional auriverde durante sua adeus ao real esta segunda-feira. Espero que ele fique porque é um dos melhores jogadores de todos os tempos. Ele é incrível.”

>> Todas as notícias da janela de transferências ao vivo

Casemiro ‘teria saído anos atrás’ se fosse pelo dinheiro

Frustrado com a não qualificação dos Red Devils no C1, Cristiano Ronaldo ainda procura uma saída na Europa. Enviado por rumores mais ou menos fundamentados ao Chelsea, Bayern, Naples ou Dortmund e até ao OM, o pentacampeão da Bola de Ouro ainda está no elenco do Manchester United antes da recepção do Liverpool durante o terceiro dia de Premier nesta segunda-feira.

>> O melhor da Liga dos Campeões está na RMC Sport

O salário recebido pelo português, um dos maiores da Premier League, pode ser um freio para seus potenciais pretendentes. Aos 30 anos, Casemiro se ofereceu um novo grande desafio… e um belo contrato de passagem. Mesmo que, segundo ele, não tenha sido o dinheiro que o levou a deixar seu reduto espanhol para a Inglaterra.

“Se fosse por isso (dinheiro), eu teria saído anos atrás. O clube se comportou muito bem comigo, disse o brasileiro novamente à imprensa. A decisão é minha. As pessoas estão erradas se pensam isso (é pelo dinheiro) e isso mostra que eles não me conhecem. Acho que essa é a última coisa que eu faria.”

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.