As novas faces do populismo de extrema-direita

Publicado em :

Em Portugal o partido Chega. As últimas eleições parlamentares deram maioria absoluta ao socialista Antonio Costa. Mas a novidade também é a chegada ao cenário político do partido de extrema-direita Chega. O que significa ‘suficiente’ em português. No mandato anterior tinham apenas um deputado, hoje são doze. Em Lisboa, Marie-Line Darcy.

The Polish Piss quer trazer moralidade para a escola

Não apresentamos mais o partido populista polonês ultraconservador PIS, o Partido Lei e Justiça e suas posições anti-aborto, anti-europeias e anti-imigrantes. Mais recentemente, o partido se destacou pelo desejo de levar sua ideologia para as salas de aula. É a famosa reforma de Lex Czarnek, batizada em homenagem ao Ministro da Educação que quer trazer a moralidade de volta à educação, e provocou oposição de muitos professores, pais e parlamentares. Em Varsóvia, Sarah Bakaloglou.

A tensão para Viktor Orban

E quando falamos da Polónia, estamos necessariamente a falar da Hungria e do seu primeiro-ministro Viktor Orban.

Corentin Leotard, editor-chefe do Courrier d’Europe Centrale, com sede em Budapeste, editor de “Hungary under Orban” para as edições Plein Jour. Ele explicou a Juliette Rengeval como o líder do Fidesz, no cargo desde maio de 2010, foi um exemplo para outros extremistas europeus…

E o que acontecerá com Viktor Orban, durante as próximas eleições gerais marcadas para 3 de abril de 2022? O primeiro-ministro está buscando um quarto mandato. Mas desta vez pode ser mais complicado, pois toda a oposição apresentou um único candidato, Peter Marki-Zay. Em Budapeste, Florença Labruyere.

Esta é a minha Europa, a crônica de Alice Rouja

O voto dos jovens é principalmente um voto de protesto que é falado na extrema esquerda e na extrema direita.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.