Abertura da temporada cultural França-Portugal:

Para comemorar a inauguração do esta temporada cultural franco-portuguesaa 12 de fevereiro será apresentado na Philharmonie de Paris um concerto pela pianista portuguesa Maria João Pires e pela Orquestra da Fundação Gulbenkian, no âmbito de um grande fim-de-semana dedicado à música portuguesa de ontem e de hoje.

No dia 12 de fevereiro será inaugurada a obra de Cabrita, As Três Graças. O Museu do Louvre convidou o artista português Pedro Cabrita Reis para desenhar uma obra monumental exposta no Grand Réservé Nord do Jardin des Tuileries. Obra original, em cortiça portuguesa, reinterpreta um tema essencial herdado da Antiguidade Greco-Romana, As três Graçasdos quais o Museu do Louvre tem várias versões.

No dia 13 de fevereiro “Os Mosaicos das Vozes Portuguesas” propostos pelo Théâtre de la Ville hors les murs com o Théâtre du Châtelet oferecem um programa musical durante todo o dia. Como ponto alto, o concerto de apresentação do novo palco desdobrando toda a diversidade da canção tradicional portuguesa: fado, morna, samba, bossa nova, gumbe…

No dia 13 de fevereiro também será inaugurada a exposição fotográfica “Panteão Panthéon” oferecida pelo Centre des monuments nationalaux às portas do Panthéon. A exposição aponta as semelhanças e diferenças entre os panteões parisiense e lisboeta. Com base em fotografias dos dois edifícios, provenientes dos arquivos das instituições dos dois países, é uma oportunidade para descobrir as especificidades de cada um deles.

No âmbito da Presidência Francesa da União Europeia 2022, conheça a exposição Panthéon-Panteão, às portas do monumento.

Veja o evento

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.