A Universidade de Huelva aquece os motores para o ‘Sur 22’

Elaboração. O Centro de Investigação em Tecnologia, Energia e Sustentabilidade (CITES), em colaboração com a Fundação Espanhola de Ciência e Tecnologia (FECYT), dependente do Ministério da Ciência e Inovação, o grupo de investigação ‘Controlo e Robótica’ (TEP-192) e a ETSI (Escola Técnica Superior de Engenharia) apresentaram a sétima edição do Concurso Universitário de Veículos Solares de Huelva, também conhecido como SUR22 (Corrida Urbana Sustentávelou Raça Urbana Sustentável).

Apesar da sua juventude, é um dos eventos mais apreciados e profundamente enraizados em Huelva, e sem dúvida um dos que mais paixão despertam entre os alunos do Secundário, do Bacharelado e da Formação Profissional (FP), que são os verdadeiros protagonistas ano após ano ano. Desta forma, mais de trinta professores de institutos e centros de formação profissional de Huelva, Badajoz, Algeciras e região do Algarve (Portugal)participaram, presencialmente e online, das Jornadas Técnicas que deram início ao projeto.

este encontro Tem servido para dar a conhecer as características desta edição, que os organizadores esperam poder voltar a realizar-se presencialmente. E é justamente o espírito dessa competição que tem muito a ver com essa convivência e essa competição saudável que ocorre entre os alunos na hora de projetar, construir e testar seus veículos.

Os principais objetivos do SUR22 são incentivar os alunos do ESO, Bacharelado e Formação Profissional a estudar educação técnico-científicae promover junto dos jovens estudantes a consciência e o compromisso com a sustentabilidade ambiental, as fontes renováveis ​​e a mobilidade sustentável e ecológica.

Os centros participantes Corrida Urbana Sustentável Devem projetar e construir um veículo elétrico movido a energia solar, capaz de realizar os testes que a organização prepara anualmente. Além disso, devem superar desafios tecnológicos que envolvem conhecimentos de eletrônica e programação. Nesta sétima edição da competição, as equipes, além de passarem nos testes de manobrabilidade e eficiência dos veículos, terão que cumprir um objetivo específico: implementar um sistema de segurança que corte a energia em caso de alta temperatura nas baterias.



Eles não estarão sozinhos nesse processo, pois para que o projeto tenha o maior sucesso possível, a organização fornece suporte técnico aos participantes por meio de uma série de cursos sobre eletrônica, impressão 3D e programação, além de apoio pedagógico com cursos sobre técnicas educacionais baseadas em evidências. Eles também são fornecidos com material para a construção dos veículos.

O grande sucesso das edições anteriores encorajou os organizadores da Universidade de Huelva a continuar um projeto com raízes profundas na instituição e nos institutos da província e arredores (Extremadura e Portugal)e por isso esperam continuar superando suas expectativas com este SUR22 e, em suma, conseguir aumentar o interesse pela ciência e tecnologia e promover vocações neste campo entre os estudantes pré-universitários –com ênfase especial neles–, despertando seu interesse em eletrônica, energias renováveis ​​e sua aplicação tecnológica e projeto de engenharia.

Na última edição, o Corrida Urbana Sustentável terminou com uma dupla vitória –empatada em pontos– do IES La Marisma e IES Don Bosco, em Huelva capital e Valverde del Camino, respectivamente.

As informações do evento podem ser acompanhadas no rede e através de seus perfis nas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter e Youtube).

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.