A OMS recomenda quarentena de 14 dias para os positivos para coronavírus, independentemente de terem sido vacinados ou não

O Organização Mundial da Saúde insiste que quarentenas devem ser de 14 dias para todos aqueles que testaram positivo, incluindo os vacinados, segundo o epidemiologista da Organização, Abdi Muhammud, em entrevista coletiva.

Muhammud destacou que o vírus desaparece “entre cinco e sete dias após os primeiros sintomas” e, dependendo do estado imunológico e assegurou que, embora a recomendação seja manter quarentenas de 14 dias, entende que os países que as reduziram, como Espanha ou Portugal.

No final de dezembro, a Comissão de Saúde Pública, na qual estão representadas as comunidades autônomas e o Ministério da Saúde espanhol, aprovou por unanimidade a redução da quarentena para pessoas positivas para coronavírus para 7 dias.

“Os Estados têm que tomar decisões sobre a duração da quarentena dependendo da sua situação individual. Faz sentido manter o número de casos o mais baixo possível em locais onde já existem poucos casos, mas em locais onde existem muitos, há interesses competitivoscomo manter os países funcionando, o que poderia justificar quarentenas mais curtas”, diz o epidemiologista.

População vacinada

A OMS também destacou a importância de garantir que 70% da população mundial é vacinado para evitar a ocorrência de novas variantes.

A variante Omicron afeta os pacientes de forma muito mais branda e principalmente o trato respiratório, mas até que continue a se espalhar com a mesma “intensidade” da variante delta, os países não poderão lidar com isso, disse Muhamud.

Chico Braga

"Web enthusiast. Communicator. Annoyingly humble beer ninja. Typical social media evangelist. alcohol aficionado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *